Marketing social: por uma boa causa

A expressão Marketing Social surgiu nos EUA. Trata-se de uma ideia poderosa: criar programas que ajudem a melhorar a vida das pessoas.

O resultado é uma via de mão dupla. Mudanças sociais positivas trazem benefício a uma comunidade e também fortalecimento da imagem corporativa.

Claro que isso tem tudo a ver com a responsabilidade social da empresa e ações de marketing social também podem (e devem) serem tratadas como uma oportunidade de mercado.

Ao lançar mão da estratégia é preciso antes definir: por quê escolher este ou aquele grupo? Quais as ações de responsabilidade social que devem ser iniciadas? Lembrando que a empresa deve identificar qual a causa social mais relevante para seu público — as escolhas devem aspirar aos valores dos clientes e não o contrário.

Segundo dados do Instituto Ethos50% dos consumidores brasileiros declararam-se adeptos da prática de prestigiar ou punir as empresas com base em sua participação social. E 24% dos consumidores, procurariam comprar produtos de empresas que se destacam pela responsabilidade social.

Para obter sucesso, o trabalho deve ser realizado com base em técnicas gerenciais orientadas por princípios éticos, lembrando que a organização e a “causa” devem estar de acordo com as metas possíveis de serem alcançadas. Sobretudo, deve haver muita divulgação para despertar o “pertencimento” do cliente à “causa” adotada pela empresa.

Abaixo uma ação de marketing social da da Coca-Cola. Prepare-se que o vídeo é de emocionar (garimpei no Blog Marketing Now).

Contexto: os povos da Índia e do Paquistão vivem separados e em clima de tensão desde 1947. Como uma marca de refrigerante pode ajudar? Promovendo a comunicação e compartilhando um momento de Felicidade — a palavra-chave no Marketing da empresa.

Obs: as legendas são em inglês, mas dá pra traduzir clicando no menu — na parte inferior do vídeo.

Há iniciativas de custo menor e mais singelas. Na Lema 21, por exemplo, a cada óculos comprado outro é doado para uma associação de deficientes visuais.
O nome desta estratégia — que não é nova — é Compre um, doe um, ou Um por um. A primeira empresa a usar este marketing foi a OLPC, a entidade que criou um laptop de baixo custo, conhecido como o computador a preço popular de cerca de 100 dólares.

Que tal adotar o marketing social na sua empresa?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s