Como as marcas podem declarar que vidas negras são importantes agora e sempre

A teoria do marketing digital indica que as empresas devem marcar presença onde há tópicos que estão gerando conversas nas mídias sociais. Então vamos a uma questão atual: o que sua marca pode e pretende oferecer quando usa a hashtag de um movimento em luta contra o racismo?

Isso vai depender do que você entende sobre o uso da #BlackLivesMatter. Saiba que #VidasNegrasImportam não é apenas uma hashtag, é um movimento que significa séculos de negros exigindo o fim do racismo sistêmico e estruturado.

Publicar mensagens de apoio e de solidariedade aos protestos desencadeados pela violenta morte de George Floyd parece uma mensagem vazia se a marca não estiver comprometida a participar de mudanças reais contra o racismo estruturado na sociedade.

racismo-redes-sociais

Postar é fácil, mas as ações falam mais do que palavras. 

Como as empresas podem fazer declarações de apoio demonstrando que vidas negras são importantes agora e sempre? O passo mais importante é: concentre-se em iniciativas que permitam que os negros acumulem riqueza. Este é um verdadeiro sinal de compromisso da sua marca contra o racismo.

Vivienne Dovi, executive de media na MediaCom sugere algumas ações concretas.

Coloque dinheiro neste assunto — não basta falar. Tem que contribuir. Se uma marca usa a morte de George Floyd em suas mensagens, ela deve doar para o fundo oficial do memorial. Investir em programas educacionais e em negócios liderados por negros também é relevante. Quando vemos marcas capacitando a comunidade negra, a solidariedade é genuína.

Invista nas comunidades locais – Como são os programas da empresa para a comunidade negra? Já ofereceu espaços no escritório para empresários negros? Já convidou palestrantes negros para falar sobre seus próprios conhecimentos e não apenas sobre temas como identidade?

Olhe para dentro antes de falar – Quantos funcionários negros em posição de liderança há na empresa? Qual é a composição dos funcionários negros? Já perguntou como eles se sentem e qual a expectativa que eles têm da empresa quando aparecem para trabalhar todas as manhãs? Importante: se uma empresa não tem uma diversidade de funcionários em volta da mesa de reuniões, não há diferentes perspectivas sobre a própria marca, produtos, serviços e sobre o mercado.

O racismo acontece durante todo o tempo. Portanto, antes de publicar uma declaração, as marcas precisam garantir que tenham criado uma cultura na qual os funcionários negros possam prosperar. A mudança real começa internamente.

Cadeia de suprimentos — Quais o valores dos parceiros que se alinham à sua marca? Comece eliminando empresas que têm políticas problemáticas. Fale com elas sobre racismo. Neste caso, o foco é garantir que os parceiros também estejam combatendo o racismo sempre que possível. Ao terceirizar serviços de publicidade, por exemplo, observe a equipe de produção contratada para as campanhas. Há diversidade? Há pessoas negras? Elas estão recebendo o mesmo valor que os colegas brancos? Questione.

Reserve um tempo para se educar sobre como ser antirracista. Mudar a si mesmo antes de falar é vital, comprometendo-se a educar o pensamento dentro e fora da empresa. Mostrar o apoio contra o racismo não é feito da noite para o dia. É uma construção de longo prazo.

Conclusão: só vale falar se for uma intenção da empresa, não uma idéia do departamento de marketing ou comunicação. Caso contrário, as pessoas verão o texto como um dado falso. “Se uma marca ativar repentinamente o conteúdo em torno de uma causa que não possui histórico de suporte, ela parecerá superficial”, confirmou RJ d’Hond, da empresa de consultoria de dados Kantar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s