Que tal um projeto editorial para o seu blog?

Todo planejamento possui estratégia. O marketing de conteúdo com a criação de um blog bem planejado é uma boa tática porque gera relevância dentro da web atraindo potenciais clientes que ainda não conhecem o seu produto ou serviço.  Por isso, é importante desenvolver o projeto editorial para o seu blog. Ele é a estrutura fundamental, uma ferramenta a cumprir o objetivo de transmitir os valores da marca.

Ao elaborar o projeto editorial, tenha em mente os 3Cs
Contexto, Conteúdo e Conversa

Em linhas gerais,  para elaborar um projeto consistente, siga estas dicas — lembrando que o projeto editorial deve estar alinhado às metas do seu plano de marketing e ser coerente com a linha de comunicação. Sobre conteúdo escrevi em outro post.

  • Defina o tema de acordo com o segmento (produto, serviço) e adote um visual (design) que dialogue com a marca da empresa. Caso seja um blog pessoal, deve se adequar ao estilo do autor.
  • Identificado no plano de marketing o seu público-alvo, defina a linguagem que irá usar (formal ou descontraída).
  • O objetivo é atrair, envolver e converter mais tráfego para o seu blog e seu negócio. Foque em assuntos que atendam a expectativa de seus leitores. A meta é tornar-se referência no assunto em que está disposto a empreender.
  • Além de definir os assuntos por categorias, adote um calendário editorial para estabelecer também a  periodicidade de postagem —  essencial para a implementação de um programa de marketing de conteúdo bem-sucedido.
  • Fotos, vídeos próprios (ou de uso autorizado), produção de podcast e participação de colaboradores e colunistas também devem ser considerados durante a elaboração do projeto editorial.
  • Ao definir o projeto editorial, pense como transmitir os valores da sua marca — como contar histórias que prendam a atenção destes leitores (potenciais clientes).

O projeto editorial serve como um guia para garantir o foco do canal, mas ao longo do tempo pode ser atualizado para se adequar aos desafios que vão surgindo no mercado.

Quer um exemplo prático?

E se você fizesse um projeto editorial para um site de um país ou uma cidade? Veja o caso do site institucional da França separado por temas  | locais | datas. Em temas, há várias subcategorias que abrangem aspectos culturais e geográficos da França organizando a pesquisa por interesses.

Site oficial da França organizado por Temas, Mapas e Datas.

Site oficial da França organizado por Temas, Locais e Datas.

Categorias variadas abrangem vários assuntos relacionados à França, organizando a pesquisa por interesse.

Temas agregam categorias que abrangem vários assuntos relacionados à França, organizando a pesquisa por interesse.

E se fosse um blog sobre uma cidade? Veja como o Conexão Paris funciona como site com páginas “Sobre o Blog” “Sobre a Lina” (autora), “Anuncie” e “Contato”. As categorias abrangem vários aspectos da cultura e serviços de Paris, mas também considera outras regiões. Estão organizadas em Comer & Beber | Dormir | Comprar | Passear | Noite | Cultura & Arte | Outras Regiões | Estilo de Vida | Lina Indica | Lojinha | Informações básicas

As categorias garantem organização para abordar vários assuntos relacionado ao tema Paris.

As categorias garantem organização para abordar vários assuntos relacionado ao tema Paris.

Precisa de um projeto editorial? Escreva pra mim em mkt.sandravasconcelos@gmail.com

Anúncios

Atraia clientes com Marketing de Conteúdo (Content Marketing)

content-marketing-marketing-de-conteudo

Você quer clientes? Então não tente vender seus produtos e serviços. Tente informar o seu público com conteúdo útil e relevante. É assim que eles vão comprar!

A empresa deve falar daquilo que ela conhece,
não do que ela vende.

O Marketing de Conteúdo é uma ferramenta que vai gerar resultados para a sua empresa porque compartilhar conhecimento torna você um expert. E compartilhar é o que faz a diferença para atingir o seu público-alvo no novo marketing. Segundo Cassio Politi, autor do livro Content Marketing – o Conteúdo que Gera Resultados (compre aqui), um bom exemplo da importância do método do marketing de conteúdo é a River Pool, uma empresa que instala piscinas nos EUA.

“com a crise imobiliária no país em 2008, a empresa viu a falência. Sua saída foi criar um mecanismo similar a um blog em que respondia dúvidas de pessoas sobre piscinas. Com isso, começou a aparecer nos primeiros lugares de busca do Google. De forma complementar, lançou um e-book ensinando pessoas a instalar ou fazer manutenção de piscinas. Resultado: saiu da quase falência para a liderança em seu mercado. Veja, o tempo todo a empresa falava de piscinas, mas não de seus serviços. Com isso, passou a ser percebida pelos clientes como expert no assunto”.

Para estar atento ao Content Marketing é importante usar as ferramentas disponíveis como blogs corporativos, eventos, e-books, webinar, redes sociais, emails e muitas outras. Vale ressaltar que, ao produzir conteúdo segmentado (informação com foco em seu público-alvo) você alcança os seus clientes com investimento muito inferior ao de uma campanha publicitária.

Mãos à obra.

Se precisar de ajuda, envie e-mail! mkt.sandravasconcelos@gmail.com

Marketing de conteúdo: você precisa ter um blog

Seja você profissional liberal ou empresa, você precisa criar um blog. Sim, estabelecer canais de informação para o cliente é muito importante para o sucesso de um produto ou serviço.

Produzir conteúdo indica transparência. Informações sobre a empresa e os produtos geram relacionamentos duradouros, verdadeiros e, claro, rentáveis. No entanto, este marketing está baseado em relevância. Portanto, só vale o esforço se estiver disposto a produzir conteúdo de qualidade e de teor exclusivo, com informações substanciais. Digo esforço porque é preciso ter também disciplina para garantir a produtividade.

O conteúdo do seu blog deve estar disponível em diferentes formatos. Com a crescente demanda por mobilidade, crie um blog com design responsive — que se adapte às leituras em smartphones e tablets.

O blog é importante porque os algoritmos do Google, principal meio de pesquisa, dá relevância para quem produz informação constante. Um site é algo criado em páginas que quase nunca são atualizadas. Por isso, o blog é mais relevante do que o site, ou seja, mesmo que você tenha um site, precisa do blog. É ele que vai ser encontrado no Google e levar o seu cliente até o seu produto e/ou serviço.

Existem plataformas interessantes, entre elas Blogger e Tumblr, mas eu recomendo o WordPress — mais amigável ao Google.

Marketing de conteúdo é (e sempre foi) necessário para qualquer profissional ou empresa. Funciona porque gera informação para os clientes, ajudando-os na escolha do produto ou serviço que você tem, que você faz. Redes sociais, como o próprio nome diz, são canais para relacionamento. Funcionam, mas não se sustentam sozinhos. E devem também ser usadas como canais de distribuição do seu conteúdo.

Alguma dúvida? É só escrever! sandravasconcelos.press@gmail.com

marketing-de-conteudo