Diferenças: Produção x Curadoria de Conteúdo

Dê uma olhada em seu perfil no Facebook. O que você compartilha?

Quando você compartilha novidades de outras pessoas, de fanpages, de portais de notícias, você está fazendo curadoria de conteúdo, destacando o que acha que seus amigos deveriam ver/ler. Hoje, com tantas informações disponíveis, a curadoria de conteúdo é uma necessidade. Ela ajuda a filtrar e seguir o que realmente interessa e, assim, nos ajuda a gerir melhor o próprio tempo.

Se você tem uma empresa, até quando vai compartilhar conteúdo de terceiros?

Em blogs corporativos ou pessoais, o curador de conteúdo garimpa, analisa, contextualiza e disponibiliza as informações de forma exclusiva. A curadoria requer paciência, olho afiado e crítica — e deve ser guiada pelos objetivos de marketing.

Alguns profissionais escolhem fazer curadoria a partir de conteúdos já publicados em outros sites. Ainda assim é preciso adaptar a linguagem para satisfazer seus leitores e garantir unidade e estilo próprio. De uma forma ou de outra não pode haver simples cópias já que isso pode gerar problemas de plágio.

O produtor de conteúdo cria textos exclusivos, baseado em várias fontes. Também faz abordagem por meio de dados. E gera informação relevante e exclusiva sobre a empresa e outros assuntos relacionados, cria textos exclusivos.

A CURADORIA e a PRODUÇÃO DE CONTEÚDO exigem uma profunda compreensão dos algorítmos dos motores de busca (Google). Por isso é preciso ser fluente em um dialeto particular da web. Não basta escrever bem, é preciso ter técnica para alcançar bons resultados. 

content-marketing-seo

Para garantir presença digital relevante no setor em que atua, a empresa/empresário precisa ir além do mero compartilhamento. O ideal é gerar conteúdo próprio e exclusivo. Além disso, o plágio é punido pelo próprio Google. Um texto, mesmo que tenha apenas trechos copiados, são eliminados das buscas, ou seja, não adianta publicar se não será visto.

Diante da concorrência acirrada do mercado, é importante ser encontrado, ser visto. E isso começa com a escolha de um profissional que entenda desta linguagem. Sim, tem que publicar bons textos, mas tem que apresentar bons resultados.

E lembre-se: não se faz marketing de conteúdo apenas compartilhando de terceiros. Produção exclusiva é a palavra de ordem em marketing digital. Em curadoria e produção de conteúdo isso inclui textos, imagens e vídeos.

Mais informações: sandravasconcelos.press@gmail.com

 

Anúncios

Curadoria x Conteúdo: tem diferença?

O que você compartilha no seu perfil? Quando você destaca seus interesses para que os seus seguidores desfrutem das novidades, você está fazendo curadoria. Com tantas informações disponíveis, a curadoria de conteúdo é uma necessidade para qualquer um.

O curador garimpa, analisa e contextualiza de forma particular e disponibiliza as informações. A curadoria requer paciência, olho afiado e crítica — e deve ser guiada pelos objetivos de marketing. Alguns escolhem fazer curadoria a partir de conteúdos já publicados em sites (o que caracteriza plágio, sob risco de punição). Outros profissionais adaptam o conteúdo à própria linguagem para satisfazer seus seguidores.

A curadoria de conteúdo exige uma profunda compreensão dos algorítimos dos motores de busca, por isso é preciso ser fluente em um dialeto particular da web.

O conteúdo está associado a textos e imagens produzidos pela empresa ajudando o público a construir uma série de retornos positivos. Este conteúdo exclusivo pode ser baseado em várias fontes ou até mesmo abordado por meio de dados. Para se destacar e ganhar corações e mentes, é preciso produzir conteúdo relevante. Em meio a concorrência de mercado, as informações disponíveis e acessíveis são fundamentais para a decisão de compra de um cliente. Além de contribuir para ser encontrado, o conteúdo fortalece o relacionamento e gera fidelidade já que demonstra transparência e acessibilidade.

A partir da curadoria e do conteúdo, há necessidade de maximizar esta informação para garantir audiência. De novo, com tanta informação disponível, é preciso chamar a atenção. Importante escolher os canais de distribuição (compartilhamento) e estar atento para não desperdiçar energia e dinheiro. O melhor é atingir o alvo a partir de escolhas certas, sobretudo diante de tantas redes sociais.

Em se tratando de empresa, é precisa ir além do compartilhamento porque é preciso cumprir objetivos. Para isso, encontrar um jornalista que entenda esta nova língua e este novo contexto das mídias digitais é um desafio.

Eu sou curadora e também webwriting e tenho um enorme prazer em fazer este trabalho… até porque, além de desafiador, ele nunca será entendiante pra mim.

Se precisar, é só enviar uma mensagem: sandravasconcelos.press@gmail.com